Turma do Quinto lança seu enredo para o carnaval 2017 nesta quinta-feira

0
864

Em evento a ser realizado nesta quinta-feira (25), na Casa de Espetáculos Boi Barrica, na Madre de Deus, a Sociedade Recreativa e Cultural Escola de Samba Turma do Quinto faz o lançamento oficial do enredo “O Quinto Canta Akomabu: A Cultura Não Deve Morrer, em homenagem ao Bloco Afro Akomabu e ao Centro de Cultura Negra do Maranhão. Na oportunidade também será lançado o concurso para seleção do samba que a escola defenderá na avenida e a logomarca oficial que estampará camisas, cartazes e diversos outros produtos.

Aberto a compositores de todo o Brasil, o concurso para o samba 2017  terá eliminatórias nos dias 24 e 30 de setembro e 08 de outubro  e no 14 de outubro a realização da grande final. Os eventos acontecerão nas sedes do Centro de Cultura Negra, no Barés – João Paulo e na Turma do Quinto, na Madre Deus.

A composição vencedora ganha a premiação de R$ 1.000,00 e troféu.  O desenvolvimento do enredo sobre o Akomabu é cercado de grande expectativa no universo carnavalesco local e como sugere os coordenadores do Centro de Cultura Negra, o objetivo também será a disseminação de um conjunto de ações desenvolvidas no âmbito do Centro e em especial as atividades realizadas pelo Bloco Afro Akomabu, estendendo assim a inspiração necessária para o projeto artístico da Turma do Quinto, enfatizando que “a cultura não deve morrer”.

O Bloco Afro Akomabu surge como uma proposta educativa que através da criatividade, musicalidade e da percussão, tem sensibilizado a sociedade Maranhense para o despertar da valorização da cultura negra e afro-brasileira. A parceria com a Turma do Quinto torna-se uma salutar troca de saberes como fortes elementos para a divulgação das conquistas da população negra no Maranhão a partir da criação do CCN.

Campeã do carnaval 2015 junto à Favela do Samba, o Quinto busca a conquista do seu 12º titulo e conta com a experiência da sua equipe de carnavalescos, como Washington Coelho, Marcos Túlio, Darlan Oliveira – criador do proposta – e outros abnegados diretores. Atualmente a Escola é presidida por Nelson Costa e Marcos Araújo.

Compartilhe