Últimos dias para seleção de municípios que vão participar da capacitação do turismo inteligente

22

Novo modelo será compartilhado por Sebrae e BID 

Sebrae e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) estão com inscrições abertas para o edital que vai selecionar 10 destinos turísticos brasileiros que receberão assessoramento na elaboração de instrumentos de planejamento e na implementação de ações-chave para sua consolidação como destinos turísticos inteligentes. A parceria vai atuar com dois destinos turísticos de cada região brasileira e de variados portes: pequeno (população estimada em até 50 mil habitantes), médio (até 100 mil habitantes) e grande (acima de 100 mil habitantes).

A ação conjunta entre Sebrae e BID se dará no desenvolvimento de um novo modelo de gestão turística para essas localidades. O foco estará na gestão de dados, inovação, sustentabilidade e experiência, o que deve contribuir para que esses destinos tenham um novo posicionamento no mercado nacional e internacional, em consonância com o perfil dos novos viajantes.

A metodologia de Destinos Turísticos Inteligentes (DTI) foi desenvolvida pela Sociedad Mercantil Estatal para la Gestión de la Innovación y las Tecnologías Turísticas (SEGGITUR) da Espanha e adaptada pelo Sebrae para a realidade brasileira, em 2016 nas suas iniciativas de apoio ao desenvolvimento do turismo. O Sebrae classifica como Destinos Turísticos Inteligentes aqueles territórios sustentáveis que proporcionam experiências inesquecíveis, segundo eixos definidos: governança, tecnologia, experiência e sustentabilidade, sendo esse último em sua perspectiva econômica, ambiental e social.

Mapa do Turismo Brasileiro – Podem participar do processo todos os destinos turísticos contemplados no Mapa do Turismo Brasileiro 2022. Serão aceitas apenas candidaturas de municípios individualmente.

Os municípios interessados devem se inscrever gratuitamente até o dia 18 de novembro, por meio do preenchimento de formulário e envio de documentos para a primeira etapa do processo de seleção. Os selecionados para a segunda etapa, por sua vez, deverão enviar outros documentos descritos no edital, bem como responder a perguntas relacionadas ao objeto da seleção.

Detalhes da seleção – O processo de seleção dos destinos turísticos vai acontecer em duas etapas. A primeira será eliminatória e tem o objetivo de selecionar até três destinos turísticos por estado e por porte, com uma meta de 79 destinos pré-selecionados. As propostas recebidas serão avaliadas a partir de critérios de elegibilidade e qualitativos, descritos em edital. A previsão é que a lista dos pré-selecionados seja divulgada em dezembro deste ano.

Na segunda etapa, os selecionados deverão enviar documentação e informações adicionais para compor sua candidatura e passarão por uma nova avaliação, desta vez classificatória. O objetivo será a seleção de 10 destinos turísticos representando as cinco regiões brasileiras e de distintos portes.  Nesta etapa, a avaliação vai considerar a análise da documentação submetida pelos destinos, bem como o diagnóstico da atividade turística e a estrutura para a execução do projeto por eles apresentadas.  A previsão é que o resultado final seja divulgado até a primeira quinzena de março de 2023.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui