Trabalho híbrido: como fazer para os colaboradores não serem vigiados

0
219
Senior man sitting at table having virtual group meeting with team of coworkers on laptop computer. Online business network communication, teamwork, home office workplace, hybrid work schedule concept

Especialista comenta o que fazer para não transformar esse novo modelo em um Big Brother

Para administrar o formato híbrido de trabalho, amplamente disseminado durante a pandemia, as empresas intensificaram as formas de monitoramento e reforçaram a fiscalização da rotina e da produtividade dos funcionários.

Mas essa questão tem feito alguns colaboradores se sentirem pressionados. “Após experimentar a autonomia do trabalho remoto, os profissionais não se sentem mais confortáveis com os excessos de cobranças para provar que estão trabalhando”, afirma Gabriela Mative, diretora de RH da Luandre.

A especialista ressalta que ter uma forma de entender a produtividade do time é importante, mas que isso pode ser feito com outras ferramentas que priorizem indicadores e entregas – “é fundamental que a empresa não retroceda no quesito autonomia para o colaborador e entenda o que o motiva e o que pode melhorar seu desempenho, assim como o que o incomoda na dinâmica de trabalho”, diz Gabriela.

Para que o profissional não se sinta vigiado e compartilhe sua rotina de forma natural, a especialista dá dicas cruciais para atingir esse equilíbrio nas cobranças:

Uso da tecnologia como aliada – A tecnologia é uma grande aliada, tanto no formato presencial quanto no híbrido. Por meio de aplicativos é possível centralizar informações e realizar uma melhor gestão de pessoas, sem que sejam necessários outros dispositivos de controle, como plugins que controlem a quantidade de horas trabalhadas ou até câmeras que verifiquem se o profissional está à frente do computador, durante o home office.

“Os gestores podem se inteirar sobre sistemas e aplicativos que ajudem a tornar o fluxo organizacional mais produtivo, como a entrega de demandas”, explica Gabriela.

Aplicativos também permitem marcar visitas, atribuir atividades aos responsáveis e compartilhar informações entre gestor e equipe.

Confusão sobre o termo “comprometimento” – Muitas empresas comprovaram que o trabalho remoto não afetava os resultados, durante a pandemia, período em puderam notar até avanço na produtividade. Contudo, muitos gestores acreditam que passada a impossibilidade do contato presencial, o melhor é voltar à rotina de ida ao escritório e restringir bastante o home office.

“A questão aqui é que muitos profissionais se adaptaram muito bem ao trabalho remoto e continuaram a entregar resultados excelentes, por isso, controlar a assiduidade do presencial como medida para seu desempenho deixou de fazer sentido para muitos deles”, afirma a especialista da Luandre.

Nesses casos, nem sempre é possível se chegar a um acordo, mas é possível tentar argumentar com a liderança que o comprometimento é o mesmo no esquema de trabalho remoto e que a opção por ele facilita outras questões de logística no dia a dia.

Acordo entre lideranças e equipes – A boa comunicação entre as equipes e seus gestores é fundamental para

o controle das atividades, para além das ferramentas escolhidas. O colaborador precisa ter conhecimento prévio dos horários em que será contatado pela empresa e por quais meios esses contatos podem acontecer — se por videoconferência ou áudio — e o gestor deve cumprir com esses combinados, sem desrespeitar o início e o fim do expediente.

“Não é porque o profissional tem acesso remoto aos sistemas que ele tem de estar disponível a qualquer momento para prestar serviços. Há casos de emergência, é claro, mas em geral os intervalos para almoço e fins de semana devem ser respeitados”, acredita Gabriela.

Sobre a Luandre – A Luandre Soluções em Recursos Humanos tem mais de 50 anos de atuação e oferece soluções técnicas e inovadoras na área de RH. Em 2021, a empresa chegou à marca de 4 mil clientes atendidos, 60 mil profissionais administrados ao longo do ano e banco com mais de 3,5 milhões de currículos cadastrados. Há 20 anos consecutivos, concorre ao prêmio Top Of Mind RH, o qual já venceu em nove edições, na categoria “Temporários e Efetivos”. Em 2021, a Luandre foi eleita pelo 4º ano consecutivo Melhor Fornecedor para RH na categoria trabalho efetivo e temporário do Prêmio Melhores Fornecedores RH – Gestão RH.

Além disso, em 2020, foi reconhecida como um dos “Lugares Incríveis para se trabalhar”, certificação concedida pela Fundação Instituto de Administração (FIA) e UOL. A Luandre atende 200 das 500 melhores empresas do Brasil com todo seu know-how em Recrutamento e Seleção, Administração de Pessoal (Temporários e CLT), Avaliação Profissional, Outsourcing e Programas Especiais (Saúde, Varejo e Logística).

Atualmente, possui 14 unidades: São Paulo (Centro, Sul, Alphaville, ABC, Guarulhos, Campinas e Jundiaí), Rio de Janeiro (Rio de Janeiro), Paraná (Curitiba), Pernambuco (Recife), Minas Gerais (Belo Horizonte) e Rio Grande do Sul (Porto Alegre), Bahia (Salvador) e Ceará (Fortaleza). Realiza também atendimento à distância em todo o país.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui