Vasco é derrotado pelo Goiás, que mantém 100% de aproveitamento na Série B

0
210

Ponte Preta e Brusque também vencem suas partidas 

Nesta quarta-feira (30), o Goiás venceu o Vasco por 1 a 0, no estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia (GO), enquanto o Avaí venceu o Londrina por 3 a 1, fora de casa, no estádio do Café. No Mineirão, em Belo Horizonte (MG), Cruzeiro e Guarani empataram em 3 a 3; em Campinas (SP), Ponte Preta bateu CSA; e o Brusque superou o Brasil de Pelotas.

Confira como foram os jogos!

Goiás 1 x 0 Vasco – O primeiro tempo foi equilibrado. Aos quatro minutos, Alef Manga chutou de fora da área e o goleiro Vanderlei, do Vasco, fez excelente defesa. O Esmeraldino chegou com perigo novamente aos 33 minutos. Elvis cabeceou e Vanderlei fez outra defesa. O Gigante da Colina respondeu aos 38 minutos, em chute de Galarza. Tadeu defendeu. No fim do primeiro tempo, o jogo ficou mais intenso. Aos 42, Elvis recebeu passe de Alef Manga e chutou. Vanderlei defendeu. No lance seguinte, aos 43, Cano chutou forte e assustou o goleiro Tadeu.

O Verdão voltou ao segundo tempo disposto a vencer. Aos 16 minutos,  Albano chutou forte e Vanderlei espalmou para escanteio. Três minutos depois, foi a vez de Alef Manga, livre, finalizar por cima do gol. A insistência do Esmeraldino foi convertida em gol aos 35 minutos. Miguel Figueira chutou de fora da área e acertou a trave do Vasco. No rebote, Everton Brito completou para o gol. Aos 46, o mandante quase ampliou. Bruno Mezenga deixou Everton Brito na cara de Vanderlei. O meia tentou deslocar o goleiro, que fez a defesa.

Com o resultado, o Goiás segue 100% como mandante na Série B e assume a terceira colocação do campeonato, com 15 pontos. O Gigante da Colina está na oitava posição, com dez pontos.

Cruzeiro 3 x 3 Guarani – No estádio do Café, o Leão da Ilha abriu o placar no início do primeiro tempo. Aos seis minutos, Jonathan se livrou da marcação e finalizou para o gol. O Tubarão tentou o empate aos 15 minutos. Tiago Orobó recebeu passe de Luiz Henrique e finalizou. A bola foi para fora. No fim do primeiro tempo, aos 42, o Avaí ampliou. Alan Costa aproveitou lançamento de Edílson e cabeceou para o fundo do gol de César.

No segundo tempo, o time mandante voltou disposto a mudar o jogo. Aos seis minutos, Marcelo Freitas acertou um belo chute de longe e não deu chance de defesa para Glédson. Mas o Leão da Ilha chegou ao terceiro gol aos 29 minutos. Valdívia recebeu passe de Copete e mandou para o gol.

A vitória fora de casa coloca o Avaí na nona colocação, com dez pontos. O Tubarão está em 16º lugar, com sete pontos.

Cruzeiro e Guarani duelam pela Série B 2021Cruzeiro e Guarani duelam pela Série B 2021
Créditos: Fernando Moreno/AGIF

Cruzeiro 3 x 3 Guarani – No estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, o jogo começou movimentado. Aos cinco minutos, os visitantes abriram o placar com Bruno Sávio. O atacante aproveitou o escanteio e desviou de cabeça para o fundo das redes do Cruzeiro. A Raposa empatou aos 19 minutos. Após escanteio cobrado por Marcinho, o zagueiro Thales tentou cortar e mandou para o próprio gol.

A virada dos donos da casa aconteceu ainda no primeiro tempo. Em outro escanteio cobrado por Marcinho, Léo Santos cabeceou para o fundo das redes de Gabriel Mesquita. Mas o Bugre queria jogo e deixou tudo igual aos 30 minutos. Bruno Sávio arriscou de fora da área, a bola desviou em Matheus Barbosa e enganou o goleiro Fábio. Com o jogo movimentado, o Cruzeiro foi para o vestiário na frente. Aos 44 minutos, Matheus Barbosa subiu sozinho na área para cabecear e marcar o terceiro gol do time mineiro.

O segundo tempo começou com o Bugre buscando o empate. Aos 12 minutos, Bidu chutou forte por cima do gol de Fábio. No lance seguinte, Bruno Sávio arriscou de fora da área e a bola passou perto da trave. De tanto insistir, o Guarani empatou. Aos 23 minutos, Régis driblou o marcador e bateu com categoria para deslocar Fábio e igualar o marcador no Mineirão.

O empate coloca a Raposa na 14ª posição, com oito pontos. O Bugre fica no décimo lugar, com dez pontos.

Ponte Preta 2 x 1 CSA – No Moisés Lucarelli, foi o Azulão que buscou o ataque no início do jogo. Antes mesmo dos dez minutos, Dellatorre e Silvinho assustaram para os visitantes. A primeira tentativa passou perto, enquanto a segunda parou no goleiro Ygor. Nos minutos seguinte, o CSA não manteve o ímpeto ofensivo e o ritmo do jogo diminuiu. Até que, já na marca dos 40 minutos, Dawhan aproveitou um vacilo da defesa azulina e tocou para Moisés colocar a Ponte em vantagem. Na volta do intervalo, o Azulão chegou ao empate, aos 15 minutos do segundo tempo, quando Renato Cajá fez a roubada de bola, invadiu a área e deixou Dellatorre na boa para marcar. No entanto, a alegria dos visitantes durou apenas cinco minutos. Tempo que a Macaca precisou para reassumir o controle do placar, depois que Thalles recebeu passe de Rodrigão e no carrinho mandou para o fundo das redes: 2 a 1. No embalo do segundo gol, o time da casa ainda assustou em mais duas finalizações de Thalles e em arremate de Richard. Mas o marcador seguiu sem mudanças até o apito final.

Chegando ao primeiro triunfo na Série B 2021, a Ponte Preta soma agora seis pontos, mas segue na lanterna da competição. Já o CSA é o 12º colocado, com oito pontos somados.

Brusque 1 x 0 Brasil-RS – Mandante da partida, o Brusque tomou as rédeas do jogo no primeiro tempo e teve as melhores chances em finalizações de Thiago Alagoano e Edu. Mas não conseguiu transformar o domínio em bola na rede. Do outro lado, o Brasil-RS assustou uma única vez, aos 30 minutos, depois que Lucas Santos cobrou falta na área e Wesley tentou o desvio certeiro, mas mandou nas mãos do goleiro adversário. Depois das conversas nos vestiários, o time da casa manteve o controle das ações. Novamente Edu, aos cinco, e Gabriel Taliari, aos oito, levaram perigo. Até que aos 11, o camisa 9 do Quadricolor teve mais uma oportunidade e dessa vez não perdoou, o atacante aproveitou cruzamento na medida de Airton para fazer 1 a 0. Correndo atrás do prejuízo, o Xavante apareceu mais para o jogo e chegou a levar perigo à meta do Brusque com Júnior Viçosa e Luiz Fernando, mas a equipe catarinense soube segurar o resultado até o fim.

Com a vitória em casa, o Brusque chegou aos 13 pontos e aparece momentaneamente na quarta posição. Enquanto o Brasil-RS tem seis pontos e ocupa a 19ª colocação.

((Com informações da CBF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação