Vasco evita vexame de ser eliminado pelo Juazeirense e Santos goleia Altos em Teresina

0
439

O Vasco conseguiu evitar o vexame de uma eliminação na Copa do Brasil, nesta quarta-feira (06), graças a um pênalti duvidoso, marcado no segundo tempo, quando perdia por 2 a 1 para o Juazeirense, da Bahia. Já o Santos foi a Teresina (PI) desforrar a goleada sofrida domingo para o Ituano, pelo Campeonato Paulista e meteu sete gols no Altos.

No Adauto Moraes, em Juazeiro (BA), o Vasco pulou na frente ainda na etapa inicial, com Yan Sasse, ao 12 minutos. Depois do intervalo, a equipe da casa empatou logo aos cinco minutos, nos pés de Gustavo Baloteli. Disposto a alcançar a classificação, o Juazeirense se lançou ao ataque, e deu certo. Na marca dos 34 veio a virada: Nino Guerreiro virou em cobrança de pênalti.

O Vasco não se abateu e aos 47 minutos, teve um pênalti a seu favor, num lance duvidoso. O argentino Maxi López foi para a cobrança e grantiu o empate, dando a classificação ao time do Rio de Janeiro.

Goleada – O Santos estreou em grande estilo e aplicou uma goleada de 7 a 1 no Altos, em jogo realizado no estádio Alberto Silva, o Albertão, na capital piauiense. Com a vitória, o time santista se garantiu na segunda fase do torneio mais democrático do Brasil.

O Santos foi surpreendido pelo Altos no início da partida. Apostando nos contra-ataques, o time da casa abriu o placar ao cinco minutos do primeiro tempo. A defesa santista não afastou e Luizão desviou para o fundo das redes. Aos 11 minutos, respondeu na mesma moeda. Após cobrança de falta, Luiz Felipe deixou tudo igual, de cabeça, 1 a 1.

A virada veio aos 24 minutos com Derlis González, que completou o cruzamento de Copete. Aos 28, Carlos Sáchez mostrou categoria e, de fora da área, tocou por cobertura para ampliar, 4 a 1. Antes do intervalo, aos 40 minutos, o uruguaio repetiu a dose e, na saída do goleiro, fez 5 a 1.

No segundo tempo, aos 27 minutos, Soteldo percebeu o goleiro adiantado e, de fora da área, encheu o pé para fazer 6 a 1. Aos 37, Diego Pituca apareceu como elemento surpresa dentro da área e fechou o marcador em 7 a 1.

Outros resultados desta quarta-feira:

Mixto 1 x 0 CSA – Na Arena Pantanal, em Cuiaba (MT), o Mixto chegou ao gol da vitória na etapa final. Aos dois minutos, Rodrigo Biro cruzou na área e William Amendoim marcou o gol da classificação dos mandantes.

Palmas 0 x 1 Juventude – No Nílton Santos, em Palmas (TO) as redes também só balançaram no segundo tempo. O único gol da partida foi marcado por Brian Rodrigues.

Corumbanense 0 x 0 Luverdense – No Artur Marinho, em Corumbá (MT), o Corumbanense até tentou bastante, mas o Luverdense segurou a pressão dos donos da casa e garantiu o empate. O resultado garante a equipe na próxima fase da competição.

Atlético Cearense 2 x 0 Joinville – No Presidente Vargas, em Fortaeza (CE), o Atlético Cearense fez valer o mando de campo e eliminou o Joinville. O time da casa abriu o placar ainda no primeiro tempo. Aos 36 minutos, Dudu Itapajé fez de pênalti e colocou o time cearense na frente. No segundo tempo, os donos da casa fecharam o marcador aos 22 minutos. Dudu Itapajé mostrou oportunismo e balançou as redes novamente, 2 a 0.

Itabaiana 2 x 5 Paraná – Com um início arrasador, o Paraná encaminhou a vitória. Alesson, Jenilson e Higor Leite balançaram as redes e abriram 3 a 0 para o time visitante no Batistão. O Itabaiana esboçou uma reação na volta do intervalo e descontou com Louback e Rodolfo (contra), 3 a 2. O Tricolor reagiu na reta final e sacramentou a vitória com Jenison e Itaqui. Fim de jogo: 5 a 2.

(Com dados da CBF e imagens

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação