Vasco fica no empate com o Flamengo e se mantém na zona do rebaixamento

0
462

Em clássico bem movimentado, Vasco e Flamengo ficaram no empate em 1 a 1 pela 25ª rodada do Brasileirão, em jogo realizado no Mané Garrincha, em Brasília (DF). Os times cariocas protagonizaram um duelo com grandes chances, e com resultado o Vasco se manteve na zona de rebaixamento, com 25 pontos, e o Flamengo segue na quarta colocação, com 45.

O clássico começou a todo vapor com o Vasco tomando a iniciativa no ataque. Logo aos dois minutos, Andrés Ríos recebeu dentro da área e mandou uma bomba para a boa defesa do goleiro Diego Alves. Dez minutos depois, após lançamento de Willian Maranhão, Maxi López deu um toquinho para o gol e novamente Diego Alves salvou o Flamengo. No rebote, Andrés Rios mandou para fora.

Aos 17, Fabrício arriscou de fora da área e o arqueiro rubro-negro pegou mais uma. Na marca dos 27, Raul cruzou, Maxi López chutou e outra vez Diego Alves defendeu, mas na sobra Andrés Ríos não perdoou e abriu o placar para o Vasco: 1 a 0. Aos poucos o Fla equilibrou as ações do jogo. Na marca dos 36, após cobrança de escanteio, Réver subiu mais que a marcação, a bola desviou em Éverton Ribeiro e saiu pela linha de fundo. Já aos 42, Diego arriscou de longe e Martín Silva fez a defesa.

Na volta do intervalo, o confronto continuou bastante movimentado. Foi novamente o Cruz-Maltino que chegou primeiro. Aos dois minutos, Maxi López cabeceou no travessão. Aos dez minutos, veio a resposta rubro-negra. Paquetá aproveitou uma sobra dentro da área, chutou forte e Martín Silva salvou o Vasco. No minuto seguinte, foi a vez de Vitinho obrigar o goleiro vascaíno a trabalhar.

A partir dos 12 minutos, o Flamengo ficou com um jogador a menos após expulsão de Diego. Mesmo em desvantagem, o time da Gávea continuou buscando o empate, que veio aos 16 minutos. Pará cruzou na área e, na tentativa de afastar o perigo, Luiz Gustavo mandou contra o próprio gol: 1 a 1. Aos 27, a partida foi paralisada por dez minutos para o atendimento do jogador do Vasco Bruno Silva.

No retorno, o Fla chegou mais uma vez. Após boa jogada de Paquetá, Éverton Ribeiro finalizou, mas o chute parou nas mãos do goleiro cruz-maltino. Aos 36, foi a vez do Vasco assustar. Maxi López ganhou da marcação e chutou com perigo para o gol. Já nos acréscimos uma chance para cada lado. A primeira para o Rubro-Negro, Willian Arão de cabeça mandou a bola perto da meta vascaína. A segunda para o clube de São Januário. Willian Maranhão chutou forte de fora da área e Diego Alves fez a defesa.

(Da CBF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação