Vasco ganha Avaí e de Atlético em Atlético Furacão foge do rebaixamento

0
614
Vasco ganha do Avaí jogando em São Januário (foto de Eduardo Valente)

O Vasco fez mais uma vítima em São Januário. Neste sábado (17), a equipe carioca fez o dever de casa, superou o Avaí no Rio de Janeiro e alcançou a quarta vitória em seus domínios no Brasileirão 2017. Em duelo válido pela oitava rodada, o Cruzmaltino venceu o Leão da Ressacada por 1 a 0 e chegou a 12 pontos conquistados. Já a equipe catarinense amargou a segunda derrota consecutiva e segue na lanterna da competição com cinco.

As duas equipes iniciaram a partida sem se expor. Após a queda de energia que interrompeu o jogo aos 13 minutos, o Vasco voltou atento e abriu o placar aos 19 minutos. Nenê fez grande jogada individual pela esquerda e cruzou para Yago Pikachu balançar as redes, 1 a 0. O Avaí assimilou o golpe e tentou reagir com Romulo e Juan, mas Martín Silva fez grandes defesas e afastou o perigo.

Na etapa final, foi a vez do goleiro Kozlinski se destacar aos 25 minutos e salvar chute de Henrique. O Avaí tentou responder aos 32 com Marquinhos, mas a cobrança de falta subiu demais e passou por cima do gol vascaíno. Com a proximidade do final do jogo, os visitantes começaram a se lançar ao ataque e o mandantes apostavam nos contra-ataques. Nos acréscimos, Leandro Silva ficou perto de empatar, mas Martín usou o pé para garantir o triunfo vascaíno.

Atlético – Após vencer o Atlético de Minas, na última rodada em Belo Horizonte, o Atlético do Paraná venceu mais um Atlético, o de Goiás, em partida fora de casa e confirmou a reação no Brasileirão. Neste sábado (17), na abertura da 8ª rodada, o Furacão superou o Dragão por 1 a 0 no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia. Com o segundo triunfo seguido, o time paranaense chegou a oito pontos e vai dormir fora da zona de rebaixamento. Já o Dragão entrou no Z-4 e segue com seis pontos.

No duelo dos Atléticos, o paranaense saiu na frente logo aos três minutos de jogo. Douglas Coutinho finalizou rasteiro e, no rebote do goleiro Felipe, Sidcley completou para o fundo das redes. Aproveitando o melhor momento, o Furacão foi para cima e teve duas oportunidades de ampliar, mas Nikão e Grafite pecaram nas finalizações. Após o golpe inicial, o Dragão reagiu em chute cruzado de Everaldo que desviou e explodiu no travessão. Aos 19, o atacante teve a chance de empatar em cobrança de pênaltis, mas acabou pegando mal na bola.

Em desvantagem, o Atlético-GO buscou pressionar na volta do intervalo. Aos cinco minutos, Igor arriscou de longe e obrigou o goleiro Weverton a espalmar para escanteio. A pressão dos donos da casa continuou e, aos 10, Andrigo soltou a bomba, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora. Na última tentativa do Dragão, Walter parou na grande defesa de Weverton, que garantiu mais um triunfo paranaense fora de casa.

(CBF)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação