Pesquisa revela que 70% dos brasileiros pretendem adquirir um carro nos próximos 12 meses

0
208

Especialista indica os caminhos para realizar esse sonho 

Apesar dos últimos acontecimentos no cenário econômico, a meta de investir na aquisição de um automóvel ainda permanece na lista de desejos de grande parte dos brasileiros. Um levantamento realizado em julho pela companhia de comércio eletrônico OLX identificou que mais de 70% dos consumidores apresentam a intenção de adquirir um carro nos próximos 12 meses. Outro ponto observado no estudo foi o aumento do número de pessoas que pretendem realizar as operações de compra e venda (55%).

De acordo com Daniel Abbud, CEO e fundador da Dryve, fintech de financiamento digital de automóveis, entre os fatores que contribuem para esse aquecimento estão as alternativas de pagamento. O executivo enxerga, por exemplo, na análise de crédito o principal caminho para concretizar o sonho do carro próprio. Ao longo do primeiro semestre de 2022, a empresa chegou a registrar na plataforma um crescimento de 55% nos pedidos de financiamento em todo o território nacional.

“Seja para adquirir um modelo novo, seminovo ou usado, é necessário um alto investimento, o que torna a compra do automóvel à vista muitas vezes inviável e o acesso ao crédito a alternativa mais rápida. Na prática, trata-se de uma espécie de empréstimo concedido por instituições financeiras públicas ou privadas, que utilizam o carro a ser adquirido como garantia de pagamento”, pontua o CEO. Pensando em auxiliar os consumidores a obterem sucesso no processo de financiamento de automóvel, Abbud listou as principais dicas. Confira abaixo:

  1. Tenha nome limpo  – Para as financeiras, estar dissociado de dívidas é uma motivação para se ter confiança nas negociações, visto que aqueles com o nome sujo apresentam maiores chances de inadimplência no pagamento. “A falta de comprometimento financeiro pode acontecer por diferentes causas que muitas vezes estão além do controle do consumidor, como a perda da fonte de renda. No entanto, garantir que as finanças estejam equilibradas antes de ir em busca da análise de crédito é fundamental, além de uma renda comprovada”, diz o executivo.
  2. Se atente ao histórico bancário – Na hora de fechar o financiamento de um veículo, um dos pontos de atenção    das instituições financeiras é o histórico bancário do solicitante. “O consumidor pode até ter o nome limpo, mas está no limite do cheque especial ou pagando a fatura do cartão com alguns dias de atraso. Os bancos tem acesso a esse tipo de informação e as utilizam no momento da avaliação do pedido. Quanto mais livre de dívidas, renegociação, empréstimos e afins , melhor”, afirma o CEO.
  3. Se organize para dar um bom valor de entrada – Quando o consumidor propõe uma baixa quantia de pagamento inicial, pode transmitir a ideia de que não houve um planejamento para a realização da compra do automóvel ou até mesmo que está sem condições de se comprometer com um investimento relevante como a aquisição de um carro.  “O mercado costuma trabalhar com a média de 10% do valor total como um parâmetro mínimo de entrada, enquanto que os 90% restantes podem ser financiados. Mas se houver a possibilidade de um aporte entre 20% a 30%, as chances de aprovação aumentam bastante. Lembrando que nessa segunda alternativa tem a vantagem de o valor a ser financiado ficar menor, reduzindo o custo das parcelas”, finaliza o executivo .

Sobre a Dryve      A startup Dryve é uma plataforma digital que por meio da sua rede exclusiva de agentes autorizados oferece produtos e soluções automotivas ao cliente final. São mais de 7.000 agentes autorizados que prestam suporte aos clientes na  análise de crédito, formalização e pagamento de financiamentos.

O potencial tecnológico de uma sofisticada combinação de algoritmos proporciona velocidade e precisão nas propostas de financiamento ao cliente, sugerindo a instituição financeira que mais se adequa ao momento econômico do comprador. Saiba mais aqui.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui