Vendas de ônibus e caminhões têm aumento de 64,38% no Maranhão

0
818

AQUILES EMIR

As vendas de veículos pesados (ônibus e caminhões) registraram no Maranhão um aumento de 64,38% no mês de março na comparação com fevereiro, segundo estatística da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) divulgada semana passada. De acordo com os números, dos 7.398 veículos licenciados no estado, mês passado, 120 foram desse segmento, sendo 58 caminhões e 62 ônibus, contra 73 (57 caminhões e 16 ônibus) do anterior, quando foram comercializados no Maranhão 5.770 veículos de todos os tipos.

Na comparação com março de 2016, no entanto, houve uma queda de 23,57%, isto porque no mesmo mês do exercício anterior as vendas somaram 157 unidades, sendo 108 caminhões e 49 ônibus. Ainda de acordo com os números divulgados pela Fenabrave, no acumulado do ano, isto é, de janeiro a março, foram comercializados 254 veículos (154 caminhões e 100 ônibus), o que representa uma queda de 23,03% na comparação com o mesmo trimestre de 2016, quando as vendas somaram 330 (253 caminhões e 77 ônibus).

No que se refere aos números da capital, a Fenabrave contabilizou um aumento de 20,51% entre março e fevereiro, com uma soma de 47 (36 caminhões e 11 ônibus) e 39 (29 caminhões e 10 ônibus), respectivamente. Em março do ano passado, foram 79 unidades (52 caminhões e 27 ônibus), e isto significa que na comparação dos dois meses, em 2017 houve uma queda de 40,51%. São Luís tem acumulado nos três meses deste ano, 113 emplacamentos contra 133 do mesmo período de 2016, o que dá uma retração de 15,04%.

Brasil – Os licenciamentos de caminhões e de ônibus em nível nacional tiveram alta em março de 57% frente a fevereiro, segundo Edados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Foram licenciados 4.104 caminhões novos no mês passado, ante 2.614 de fevereiro, e quanto aos ônibus, o volume passou de 428 para 857 unidades. Na comparação com março do ano passado, a comercialização de caminhões baixou 15% e a de ônibus, 13%.

A produção desses veículos também aumentou em março, na base de comparação com fevereiro: 12% e 28%, respectivamente. Já em relação ao mesmo mês de 2016, houve alta de 5% na produção de caminhões e de 1% na de ônibus.

A Anfavea prevê recuperação nos resultados da indústria automobilística neste ano. A expectativa é que a produção de veículos pesados (que contabiliza ônibus e caminhões) cresça 26%. Para os licenciamentos, a estimativa é de alta de 6,4%. As exportadores devem aumentar 100%.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação