Verstappen vence Grande Prêmio da Estíria e amplia vantagem na liderança do Mundial

0
170

Holandês dominou corrida na Áustria na manhã deste domingo 

Líder do Mundial, Max Verstappen teve um fim de semana irrepreensível, coroado com a vitória no GP da Estíria, na Áustria, neste domingo (27). As Mercedes, que mostraram pouca resistência durante todo o fim de semana na “casa” da rival Red Bull, completaram o pódio da etapa com Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, respectivamente.

Com a quarta vitória consecutiva da Red Bull neste temporada, o holandês ampliou sua vantagem no Mundial de pilotos da Fórmula 1, chegando a 156 pontos. Vice-líder, o heptacampeão Hamilton diminuiu o prejuízo, ao fazer a volta mais rápida da prova e garantir o ponto extra e somando 138 pontos – desvantagem de 18.

Sem chuva – A chuva que estava prevista para este domingo – muito esperada pela Mercedes –  não chegou ao Red Bull Ring. Com tempo bom, o holandês não deu chances ao rival e fez uma largada limpa, mantendo a ponta e imprimindo ritmo para começar a abrir vantagem. Na chegada, fez até uma “paradinha” perto da linha de chegada para comemorar com a equipe a sua quarta vitória na temporada, a 14ª da carreira.

O quarto triunfo da escuderia austríaca na temporada amplia a seca da então dominante Mercedes, que não ficava tanto tempo sem vencer na Fórmula 1 desde 2014.

Enrosco na largada – A confusão pós-largada ficou por conta de Pierre Gasly, da AlphaTauri, e Charles Leclerc, da Ferrari, que acabou envolvendo também Nicholas Latifi, da Williams. Pior para o francês, que teve sua suspensão danificada e ficou fora da prova.

O ferrarista teve que parar por um dano na asa dianteira e acabou no pelotão de trás, mas faria uma corrida de recuperação notável.

https://twitter.com/VERSTAPPETES/status/1409165839316697089?s=19

Williams frustrada – A Williams saiu bem frustrada do GP da Estíria. Além do problema com Latifi, George Russell fazia uma boa corrida e chegou a andar em oitavo, mas um problema no carro que não foi resolvido nem após o pit enterrou a chance dos primeiros pontos para a equipe inglesa na temporada 2021 – ao lado da Haas, única escuderia que ainda não pontuou entre os construtores.

Em entrevista para Mariana Becker, o britânico explicou que foi um “problema raro” no sistema de pressão do bólido e não escondeu sua frustração com o abandono.

Leclerc, piloto do dia – Charles Leclerc teve que trocar o bico de sua Ferrari logo após a primeira volta, após enrosco com Gasly. O monegasco fez notável corrida de recuperação, com direito a ultrapassagens a Vettel e Alonso, terminando a corrida em sétimo. Por isso, foi eleito pela equipe da Band e pelos internautas do site oficial da Fórmula 1 como o “piloto do dia”.

Carlos Sainz, seu colega de equipe, também teve boa recuperação, terminando em sexto após largar em 12º.

Briga acirrada – Sérgio Pérez, quarto colocado e então distante de Bottas, arriscou uma parada no fim da corrida em busca do ponto extra pela volta mais rápida. Sem chances de bater Verstappen, Hamilton usou da mesma estratégia no fim e, na última volta, cravou 1min07s058, tirou a marca do mexicano e diminuiu a vantagem para o líder no campeonato.

Nova etapa – A próxima etapa do Mundial de Fórmula 1 também será no mesmo Red Bull Ring, desta vez, como o Grande Prêmio da Áustria, com treinos a partir desta sexta-feira (2). No domingo (4), a corrida terá transmissão exclusiva do Grupo Bandeirantes, com uma cobertura completa na TV aberta, no aplicativo Bandplay, no site band.com.br e na rádio BandNews FM, além de boletins e matérias especiais ao longo da programação.

(Da Band)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação