Financiamentos à inovação crescem 33,4% no Banco do Nordeste

0
409

O Banco do Nordeste investiu R$ 750,53 milhões em projetos de investimento em inovação ao longo de 2018. As aplicações utilizam recursos do Fundo Constitucional de Financiamento (FNE Inovação) e representam crescimento de 33,4% em relação ao aplicado em 2017. O FNE Inovação tem como objetivo promover a inovação em produtos, serviços, processos e métodos organizacionais de empreendimentos atendidos na área de atuação do Banco do Nordeste (região Nordeste e norte de Minas Gerais e Espírito Santo).

No setor rural, a linha de crédito financia projetos para inovação tecnológica nas propriedades rurais, contemplando operações de investimento e custeio produtivo. Já nos setores não rurais, são beneficiados projetos direcionados à implantação, expansão, modernização, reforma e relocalização de empreendimentos. Também são contemplados a elaboração de estudos ambientais, bem como os investimentos estabelecidos nas condicionantes das licenças ambientais, associados ao projeto de inovação.

“São diferenciais de nosso financiamento o prazo de reembolso que pode se estender até 15 anos, incluídos até cinco anos de carência, mais a possibilidade de financiamento de até 100% do empreendimento, a taxa de juros menor e o bônus de adimplência”, destaca o presidente do BNB, Romildo Rolim.

Fundeci – O Banco do Nordeste apoia também projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, com recursos não reembolsáveis, por meio do Fundo de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci). O Fundeci diminui o risco inerente à inovação, permitindo a subvenção econômica como mais uma modalidade de apoio financeiro para o aumento da produtividade e promoção da competitividade das empresas da Região.

Em 2018, o BNB lançou o edital Fundeci 02/2018 – Subvenção Econômica para Inovação em Empresas da Região Nordeste, voltado especificamente para o desenvolvimento de soluções tecnológicas e de inovação, com foco em micro e pequenas empresas regionais. No total, 127 projetos participaram do processo, dos quais 27 foram selecionados.

Hubine – O Banco do Nordeste também dispõe do Hub Inovação Nordeste (Hubine), criado para atuar como catalisador da melhoria de processos, produtos e serviços do Banco, por meio de políticas e diretrizes para a gestão da inovação e do fomento à cultura da inovação interna, proporcionando oportunidades ao empreendedorismo inovador regional.

Com unidades em Fortaleza e Salvador, o Hubine facilita a conexão entre academia, governo e sociedade no âmbito da inovação. O coworking abriga 16 startups residentes, o que contribui para estreitar ainda mais os vínculos de cooperação entre Banco do Nordeste e empresas inovadoras do mercado de sua área de atuação.

Desde a sua criação, em 2016, o Hubine já promoveu troca de experiências com mais de 180 startups, mais de 90 eventos de capacitação em tecnologias inovadoras, alcançando um público de mais de 2,7 mil pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui