Grêmio derrota CSA, é beneficiado pela derrota do São Paulo e entra no G4

0
81
Grêmio não tomou conhecimento do CSA e passou a integrar o grupo que vai disputar a Libertadores em 2020 (Pedro Tesch/AGIF)

O Grêmio entrou no G-4 do Brasileirão. Buscando vaga direta na Libertadores do ano que vem, o Tricolor recebeu o CSA, em Porto Alegre (RS), e venceu por 2 a 1 na Arena, em duelo válido pela 31ª rodada da Série A. O resultado coloca o tricolor gaúcho, que foi beneficiado pelo derrota do São Paulo, na quarta posição, agora com 53 pontos. O Azulão, por outro lado, ocupa a 18ª colocação, somando 29 pontos.

O Tricolor teve mais posse de bola e controlou bem a etapa inicial. Logo no segundo ataque, o Imortal abriu o placar: aos sete minutos, Everton cruzou para trás, do lado esquerdo, Tardelli chegou batendo de chapa e abriu o placar na Arena do Grêmio, que desceu para o intervalo em vantagem.

A segunda etapa foi de chances para os dois lados. Mas as emoções ficaram para os minutos finais. Na marca dos 44 minutos, Rafinha cobrou falta, a barreira abriu e a bola foi parar no fundo do gol de Paulo Victor. Mas, quando os alagoanos já comemoravam o empate, Everton cruzou pela esquerda e Ronaldo Alves cabeceou para o próprio gol, aos 47. Foi o gol do triunfo gremista, o 15º no Brasileirão.

Na Arena Castelão, Ceará e Internacional duelaram pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro
Ceará comemora vitória sobre o Internacional (Pedro Chaves/AGIF)

Ceará – O Ceará recebeu o Internacional na Arena Castelão e venceu por 2 a 0, com gols de Thiago Galhardo e Mateus Gonçalves. Com o resultado, o Ceará sobe para a 13ª colocação, com 36 pontos. O Colorado caiu para oitavo, somando 46.

Com 56% de posse, o Colorado ficou mais com a bola no primeiro tempo, mas na marca dos 41 minutos, Samuel Xavier recebeu na área e cruzou na cabeça de Thiago Galhardo, que foi certeiro e empurrou para o fundo das redes: 1 a 0 para o Ceará.

Na volta do intervalo, aos 44, Mateus Gonçalves aproveitou bobeira de Lindoso e fez o segundo do Ceará.

(Com informações da CBF)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui