Governo libera R$ 228 milhões para compra de alimentos e atendimento a populações carentes

0
270

Distribuição será feito pela Conab em quinze estados

O Governo Federal liberou, por meio de Medida Provisória (MP), novos recursos para serem usados em atendimento a populações que se encontram em situação de insegurança alimentar e nutricional. Do montante previsto de R$ 228 milhões, um total de R$ 218 milhões será utilizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a compra de alimentos e formação de cestas básicas.

As aquisições, que tiveram início esta semana, são feitas por meio de leilões eletrônicos e fazem parte da Ação de Distribuição de Alimentos (ADA), atividade contínua da Conab realizada com recursos do Ministério da Cidadania (MC) para atender populações em situação de insegurança alimentar e nutricional.

Os alimentos serão enviados para os seguintes estados: Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Norte, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Tocantins e Distrito Federal.

As entregas serão feitas pela Conab a partir de janeiro de 2021, após avaliação da qualidade dos produtos. Em seguida, as cestas serão montadas para posterior disponibilização aos segmentos atendidos.

Para compor as cestas, serão adquiridas 1,7 milhão de latas de óleo de soja, 1,7 mil toneladas de macarrão, 1,7 mil toneladas de leite em pó integral, 214 toneladas de farinha de trigo enriquecida, 3,4 mil toneladas de açúcar cristal, 3,2 mil toneladas de farinha de mandioca seca/média, 1,4 mil toneladas de flocos de milho, 314 toneladas de fubá de milho enriquecido, 6,8 mil toneladas de feijão e 17 mil toneladas de arroz.

Haverá ainda a compra do material para confecção das cestas, incluindo 26,9 mil unidades de fita adesiva e 1,7 mil embalagens capas de fardos, em polietileno, transparentes, novas, sanfonadas.

Clique aqui para saber mais sobre os Avisos de Compra Pública Nº 156 a 167/2020, relativos às aquisições no âmbito da ADA.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação