Centro Cultural Vale comemora Dia Estadual da Quebradeira de Coco

0
125

GIRO ECONÔMICO

Dia da quebradeira de babaçu

Nesta quarta-feira (28), o Centro Cultural Vale Maranhão realiza, em São Luís, o encontro Quebradeiras – Resistência e Resiliência no território maranhense, em comemoração ao Dia Estadual da Quebradeira de Coco Babaçu. O evento é coordenado pela Rede Mulheres do Maranhão, nascida com apoio da Fundação Vale em parceria com a Mandu Social para trabalhar com os diversos grupos dessas extrativistas e grupos produtivos de diferentes setores na busca pelo cooperativismo e associativismo em rede.

Formada por mais de 200 empreendedoras, empreendedores e quebradeiras, os negócios atuam em diferentes setores, que vão desde a fabricação de doces, mel, confecção de roupas, beneficiamento e quebra do coco babaçu, castanha de caju, panificação ao cultivo de verduras e legumes.

“Esse evento é muito importante para nós, quebradeiras de coco e empreendedoras da Rede Mulheres do Maranhão, nos dá força para continuar buscando cada dia mais a melhoria, nos fortalece enquanto Rede Mulheres, empreendedoras e empoderadas que somos”, diz Silvana Barbosa, presidente da Rede Mulheres do Maranhão.

Rebanho bovino

O rebanho bovino do Maranhão, em 2021, era de 8.561.509 reses. É o que revela Pesquisa Pecuária do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada na última quinta-feira (22).

Ainda de acordo com o levantamento, os bubalinos somam 95.811; equinos, 233.599; suínos, 996.815; caprinos, 360.155; ovinos, 299.019 e galináceos (galinhas e codornas), 13.130.918. Mato Grosso é o líder no ranking estadual, com 32,4 milhões de cabeças, ou 14,4% do efetivo nacional.

Embrapa conectada

A unidade maranhense da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Cocais) assinou acordo de cooperação com o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) para compartilhamento de estruturas físicas e expertises em seus 29 campis com vistas a trabalhar no mapeamento de competências, prospecção de demandas do setor produtivo e incremento de recursos financeiros para impulsionar a Rede de Pesquisa e Inovação Maranhense. A parceria inclui a formação dos jovens estudantes, cientistas de amanhã.

Decisão é sua

Um presidente da República, um vice-presidente, um governador, um vice-governador, um senador (com seus respectivos suplentes), 18 deputados federais para representar o Maranhão e 42 deputados estaduais para compor a Assembleia Legislativa do Maranhão.

Nenhum será concursado, nem nomeado, tampouco contratado, mas todos serão escolhidos nas urnas, pelos eleitores. É votar certo para não se arrepender depois.

Na solenidade em que recebeu a Medalha do Mérito Industrial, outorgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o empresário Ricardo Nascimento (de jaqueta), com Celso Gonçalo (Fiema), Cassiano Pereira Júnior (Seinc), Edilson Baldez (Fiema) e José Conrado (Fiepa/CNI)

Mérito industrial

O presidente da Aço Verde do Brasil (AVB), Ricardo Nascimento, é o quinto empresário estabelecido no Maranhão agraciado com a medalha da Ordem do Mérito Industrial, que reconhece o protagonismo de personalidades e instituições que atuam na promoção do desenvolvimento da indústria brasileira.

Ele foi distinguido, na última quarta-feira (21), na mesma solenidade de inauguração das novas instalações do Centro de Atendimento ao Trabalhador da Indústria do Sesi no município Açailândia.

Medalhas ao Sesi 

A Equipe Ordem Teutônica, da Escola Sesi São Luís, foi classificada para o Campeonato Nacional da 7ª Olimpíada Brasileira de Geografia (OGB-2022), após aprovação em etapa estadual em agosto. Formada pelos alunos Davi Brito, Iago Silva e Sara Giovana Silva (2º ano), a equipe é orientada pela professora Kerline Castro Neves.

Alunos do 1º ano D, 3º ano A, 3º ano C e 3º Ano E, orientados pelo professor Wallace Castro, também conquistaram medalhas. No total foram 3 de Ouro, 4 de Prata e 6 de Bronze.

Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui