Festa verde: Palmeiras goleia Fortaleza, no Allianz Parque, e Goiás surpreende Fluminense no Maracanã

0
553

Verdão derrota tricolor cearense por 4 a 0 e divide liderança com o Ceará. No Maracanã, com gol de Rafael Vaz, Goiás vence o Fluminense

A festa oficial de abertura do Brasileirão 2019 foi alviverde em São Paulo. Atual campeão da Série A, o Palmeiras estreou com uma goleada para cima do Fortaleza, no Allianz Parque, onde venceu por 4 a 0.

Liderado por Zé Rafael, que marcou duas vezes e deu a assistência para o gol de Marcos Rocha, o time paulista fechou o placar elástico com Bruno Henrique e alcançou a primeira vitória na competição nacional.

No duelo entre os campeões de 2018, o detentor do título da Série A levou a melhor para cima do vencedor da Série B do ano passado. Em busca do bicampeonato, o Palmeiras iniciou a caminhada na edição 2019 com o pé direto. Sem dar chances ao tricolor cearense, o time paulista dominou as ações do primeiro tempo e foi para o intervalo com a vitória parcial de 1 a 0.

O gol que abriu o placar foi marcado por Zé Rafael, aos 16 minutos. Após cruzamento de Diogo Barbosa, o meia finalizou firme para colocar os mandantes na frente.

Sem diminuir o ritmo, o Palmeiras voltou do intervalo pressionando no campo de ataque. A vantagem não demorou muito para ser ampliada. Aos 13 minutos, Marcos Rocha aproveitou cruzamento de Zé Rafael e fez 2 a 0. O Fortaleza teve a chance de descontar aos 21 minutos, mas Osvaldo parou duas vezes nas luvas de Weverton. Aos 25, Zé Rafael repetiu a dose e, após desvio de Dudu, balançou as redes novamente, 3 a 0.

O primeiro triunfo palmeirense na edição 2019 foi sacramentado por Bruno Henrique aos 45 minutos.

Maracanã – O Goiás estreou com triunfo fora de casa. Com gol no fim da partida, marcado pelo zagueiro Rafael Vaz, de falta, arrancou uma vitória por 1 a 0 no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Com o apoio do torcedor, o Fluminense tentou ditar o ritmo da partida desde o início. Na primeira chegada com perigo, o Tricolor assustou aos seis minutos com Matheus Ferraz de cabeça. Apostando nos contra-ataques, o Goiás também assustou, aos 19 minutos.

Antes do mau tempo causar a queda de luz no estádio, o time carioca teve um pênalti a favor. Após a paralisação, Luciano cobrou, mas parou na boa defesa de Tadeu.

No segundo tempo, o Goiás adiantou a marcação e equilibrou as ações. Aos sete minutos, o Esmeraldino ficou muito perto de marcar com Jefferson, mas a bola passou tirando tinta da trave. O Fluminense respondeu e chegou a balançar as redes aos 16 minutos com Everaldo, mas o juiz assinalou impedimento de Luciano. Vindo do banco, Rafael Vaz definiu a vitória goiana aos 43 minutos. De falta, o zagueiro marcou o único gol da partida, 1 a 0.

(Com informações da CBF de fotos de Lucas Figueiredo e Lucas Diogo)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação