Evento de Natal na Liberdade neste sábado espera reunir cerca de 150 crianças

0
254

A Casa de Matriz Africana llê Ashé Ogum Sogbô, do bairro Liberdade, em São Luís, realiza no próximo sábado (23)um grande evento com atividades educativas como brincadeiras, mostra de vídeos, contos africanos, oficina de percussão, desfiles de beleza negra, dentre outros. O objetivo é abrir um novo espaço de integração para a comunidade a partir do desenvolvimento dessas ações no período natalino.

Também está prevista a apresentação do Bloco Tradicional Reis da Liberdade. A organização do evento espera a participação de cerca de 150 crianças e adolescentes. As atividades ocorrerão das 9h às 17h de forma gratuita. O local do evento fica na rua Nossa Senhora das Graças, nº 62 (Liberdade) próximo à Praça do Japão.

As atividades contam com o apoio da Fundação Josué Montello, por meio do projeto Biti-Orum que tem como público-alvo jovens em situação de vulnerabilidade social no bairro Liberdade; da Defensoria Pública do Estado do Maranhão, por meio do Projeto Cuidar que busca o fortalecimento de uma cultura de cuidados e da compreensão da responsabilidade no desenvolvimento da criança de 0 a 6 anos de idade; e do Cine Quebrada.

Para Gisele Padilha, coordenadora do Projeto Biti-Orum, a abertura desses espaços é de crucial importância para que a sociedade possa integrar essas crianças e adolescentes em práticas positivas. Padilha alerta que hoje pouca atenção é dada a esses menores quando se trata do combate a crimes, por exemplo. A coordenadora destaca que elas também fazem parte desse universo e acabam sofrendo influências negativas no seu dia-a-dia, seja na rua ou mesmo no ambiente familiar.

“Quando a criança não é bem orientada, pode se formar pelo reflexo negativo do “espelho” que está a sua volta. Por isso é preciso ter espaços onde o cuidado necessário seja aplicado. Que as aproxime (ou reaproxime) dos bons exemplos. Esse evento tem esse como um de seus objetivos”, destacou.

A coordenadora frisa ainda que, mesmo sendo realizado no espaço de uma Casa de Matriz Africana, o evento não tem cunho religioso e é voltado para toda a comunidade da Liberdade e bairros adjacentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui