Com produção estimada em 2,6 milhões de toneladas, soja é colhida

0
4134

Começa nesta terça-feira (21), no município de Balsas, a colheita de soja da safra 2016/17  do Maranhão. O evento é uma promoção da Prefeitura Municipal, em parceria com governo do estado e entidades de produtores rurais, entre elas a Associação dos Produtores de Soja do Maranhão (Aprosoja-MA).

“É uma data comemorativa. Recebemos várias entidades e outras convidadas, como o governo do estado, secretarias e todos os prefeitos das localidades. São mais de 15 municípios ao redor de Balsas, no sul do Maranhão, juntamente com a prefeitura. A dinâmica começa às 9h com o plantio da safra. Será divulgado um vídeo institucional mostrando que Balsas está preparada para o agronegócio. A iniciativa boa de reunir agricultores, associações, prefeituras e estados, Esta foi a grande iniciativa para promover o agronegócio no estado”, diz presidente da Aprosoja, José Carlos Oliveira de Paula.

O Maranhão plantou aproximadamente 780 mil hectares de soja nesta safra. Em algumas regiões, como no oeste, ainda falta cumprir 10% da área plantada, entre 5 e 10 mi hectares. No sul do estado a colheita começou no fim de janeiro. Até o momento, 7% estão colhidos, com produtividade entre 42 a 55 sacas por hectare.

Produção – A colheita do grão no estado é estimada, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em 2,648 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 111,7% na comparação com a produção do ano passado, que foi de 1,250 milhão de toneladas.

Otimismo é o que não falta entre os produtores agrícolas, haja vista ter chovido satisfatoriamente nos meses que antecederam o plantio, e o resultado anima os dirigentes do Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram), que poderão assistir este ano a uma recuperação no movimento da cargas no porto do Itaqui, que teve queda no seu desempenho em 2016 justamente por conta da quebra na produção agrícola que influenciou nas exportações da soja.

De acordo com a Conab, a área plantada para a safra de soja deste ano aumentou de 786,3 mil para 951,4 mil hectares e a produtividade, que era de 1,590 mil quilos por hectare terá aumento de 75%, ou seja, passará para 2,782 mil quilos por hectare.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação