Corinthians perde do Peñarol e se complica na classificação para próxima fase da Sul-Americana

0
123

Corinthians e Peñarol voltarão a campo na próxima quinta-feira

O Corinthians foi derrotado pelo Peñarol, por 2 a 0, nesta quinta-feira (29), na Neo Química Arena, em São Paulo, pela segunda rodada, e fica em situação delicada no Grupo E da Copa Sul-americana. Giovanni González e Terans fizeram os gols uruguaios.

O resultado manteve os paulistas sem vitória, agora, na terceira colocação com um ponto. O Peñarol, por outro lado, lidera com seis pontos. Apenas o líder terá vaga garantida no mata-mata.

O Peñarol partiu para cima do Corinthians quando a bola rolou. Antes da primeira volta no ponteiro, Cantillo falhou, Cássio foi driblado, mas os uruguaios não chutaram a gol. A resposta do Corinthians veio aos 9 minutos em chute de Luan. Daqson defendeu.

Três minutos mais tarde, os uruguaios abriram o marcador. Terans avançou do meio-campo e meteu para Giovanni González que, na área, bateu cruzado e venceu Cássio. O goleiro do Corinthians foi exigido novamente aos 18 minutos em chute de Álvares Martínez.

Aos 29 minutos, Cássio fez milagre em cabeçada de Terans. Ele estava livre na área e o camisa 12 se esticou todo. No minuto seguinte, Cantillo achou Léo Natel que bateu cruzado, mas o goleiro do Peñarol defendeu. Dawson voltou a trabalhar aos 31 minutos em chute de Luan e no rebote de Bruno Méndez.

No segundo tempo, o Peãnrol usou da mesma arma para matar o jogo. Logo no começo, aos 10 minutos, deu mais um golpe. Terans entrou livre na área, recebeu cruzamento de Piquerez e empurrou, de joelhos, a bola para o gol.

Vágner Mancini até mexeu no time, mas nada deu certo. Aos 43 minutos, Fágner bateu falta e acertou a trave, mas já era tarde demais e o time paulista conheceu seu primeiro revés no torneio.

Corinthians e Peñarol voltarão a campo na próxima quinta-feira, 6 de maio, às 21h30. Os paulistas visitarão o Sport Huancayo no Peru. Os uruguaios, enquanto isso, receberão o River Plate, do Paraguai.

(FPF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação