Cobertura vacinal contra febre aftosa chega a 98,82% do rebanho maranhense, diz Aged

0
475

AQUILES EMIR

O Maranhão obteve na primeira etapa da campanha 2015 de vacinação contra febre aftosa o maior índice de imunização dos rebanhos bovino e bubalino: 98,82%, segundo informação do diretor geral da Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged-MA), Sebastião Anchieta.

Os números oficiais serão divulgados somente nesta sexta-feira (17), quando serão detalhados os números por regiões.

Para Sebastião Anchieta, o apoio que o Governo do Estado recebeu dos órgãos privados – Associação dos Criadores, Federação da Agricultura, Instituto do Agronegócio (Inagro), sindicatos rurais etc – bem como das prefeituras foi fundamental. Ele elogiou o empenho dos pecuaristas em geral, que muito se esforçaram para que seus animais fossem imunizados.

De acordo com Anchieta, desde 2002 já foram realizadas 27 campanhas, sendo que este é o maior percentual obtido, o que dá uma margem de segurança para o Maranhão pleitear o seu reconhecimento de zona livre sem vacinação. A certificação foi obtida pela Estado em 2014, juntamente com seis estados nordestinos que ainda estavam na zona de médio risco.

Sebastião Anchieta informou ainda que o novo sistema de informatização, Sipac, implantado na atual gestão foi de grande importância para se apurar os números com maior segurança.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação