Barreirinhas, nos Lençóis Maranhenses, será o ponto de chegada do Rally dos Sertões

0
495
Barreirinhas pode ser uma das cidades mais demandadas no próximo fim de semana com feriadão de três dias

Outras cidades do estado serão contempladas no roteiro

A chegada do Rally dos Sertões de 2020 será em Barrerinhas. O anúncio foi feito em uma live na noite desta quarta-feira (19) no canal Youtube/SertõesOficial. Na ocasião, foram divulgados os detalhes sobre a edição 2020 do Rally dos Sertões, o maior das Américas, que este ano será realizado entre 31 de outubro a 08 de novembro, com uma série de mudanças promovidas para adequar a competição aos novos protocolos sanitários de prevenção à pandemia de COVID-19.

Durante a live, o diretor técnico da empresa organizadora, Edigar Fabre, também detalhou sobre as etapas da prova e como se dará os novos protocolos do evento em tempos de pandemia.

O percurso sairá do autódromo Velo Cittá, em Mogi Guaçu (São Paulo), e seguirá rumo ao Nordeste. A caravana de competidores passará pelos estados do Distrito Federal, Goiás e Tocantins, entrando no Maranhão pelo território das Chapadas das Mesas, seguindo até Barreirinhas. Lá, o maior Rally

das Américas encontrará o maior deserto natural das Américas, com mais de 5 mil oásis com dunas e lagoas, encerrando a edição histórica em Barreirinhas, um dos portais de entrada da Rota das Emoções.

“Ficamos felizes de saber que o Maranhão não só foi incluído no roteiro de uma das maiores competições esportivas do mundo, como também foi escolhido para encerrar a edição histórica de 2020. Acompanhamos de perto os desafios que os pequenos negócios, especialmente os de turismo, tem enfrentado durante essa pandemia. E saber que uma iniciativa como essa foi mantida e carrega entre seus propósitos ações sociais que incluem os pequenos negócios e produtores rurais locais, nos faz querer participar e dar a nossa contribuição também à iniciativa”, afirma o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, Albertino Leal.

Eixos  – Segundo o CEO do Rally, Joaquim Monteiro, o evento é sempre construído a partir de 03 pilares: esporte, turismo e social. “Infelizmente, esse ano, tivemos que cancelar a dimensão turismo do projeto, porque os parques e cachoeiras estão fechados, as empresas ainda estão se adequando. Por outro lado, vamos turbinar a dimensão social, comprando cestas básicas de pequenos negócios e produtores rurais locais, e distribuindo localmente também, fazendo com que o dinheiro circule nas comunidades”, explicou o CEO, que acrescentou que a iniciativa de ampliar o uso de telemedicina para atendimento das comunidades será intensificado.

Outra mudança anunciada é a forma de cumprir o percurso da competição. Os competidores avançarão no percurso em “bolhas”, onde serão montadas estruturas tipo vilas para receber e hospedar os competidores, em locais isolados, para evitar o contato com as cidades ao longo da trilha. “Os competidores estarão sempre se deslocando do nada para lugar nenhum, e as vilas em formato de bolhas, serão isoladas, não permitindo que os competidores saiam ou que visitantes locais acessem a área das vilas”, detalhou.

Maranhão – A chegada da caravana do Rally dos Sertões ao Maranhão está prevista para o dia 06 de novembro, pelo sul do estado. De lá, os competidores e expedicionários seguem até chegarem a Barreirinhas, onde a competição será encerrada. “Será uma chegada apoteótica”, promete o diretor técnico do Rally, Edigar Fabre.

Para entender como vai funcionar a competição de acordo com os novos protocolos sanitários, o melhor é acompanhar a gravação da live, disponível no canal Sertões Oficial, ou clicando diretamente no link https://www.youtube.com/watch?v=3tsxhuYA0B0&t=4172s

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação