Brasil recebe terceiro Seminário Internacional de Patrimônio e Turismo do Mercosul

0
168

Evento será transmitido no canal do Iphan no Youtube

Com o tema “Estratégias para a valorização do patrimônio e a retomada do turismo frente aos desafios e oportunidades do século XXI”, será realizada a terceira edição do Seminário Internacional de Patrimônio e Turismo no Mercosul (Sempat), entre os dias 18 e 21 de outubro. Organizado a partir da parceria entre Comissão de Patrimônio Cultural do Mercosul, Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan) e Ministério do Turismo, o evento online, realizado via Zoom, será transmitido no canal do Iphan no Youtube. 

A realização do III Sempat é um dos compromissos assumidos pelo Brasil para o exercício da presidência pro tempore do Mercosul no segundo semestre de 2021. A abertura do seminário, marcada para 15h, horário de Brasília, terá roda de conversa com a participação do ministro do turismo, Gilson Machado, do secretário especial da cultura, Mário Frias, e da presidente do Iphan, Larissa Peixoto.

“De acordo com a Unesco, o turismo cultural, quando bem executado, é tanto um vetor de geração de emprego e renda quanto um meio para preservar os sítios culturais. Por conta disso, o III Sempat será um momento muito importante para que as nações da América do Sul pensem em alternativas de recuperação econômica em meio à nova realidade trazida pela Covid-19“, aponta a presidente do Iphan, Larissa Peixoto.

A terceira edição do seminário abordará o tema do Patrimônio Cultural em sua intersecção com a economia criativa, o desenvolvimento sustentável, as experiências turísticas e a participação das comunidades. Além de oportunidades de crescimento econômico, o Sempat colocará a preservação do Patrimônio Cultural no cerne do debate. Os temas transversais abordados incluem o processo de valorização dos bens culturais e a criação de narrativas e de ferramentas para manter suas características originais.

Com isso, o seminário vai possibilitar a troca de experiências entre os países da região quanto à gestão do patrimônio e do turismo em sítios reconhecidos como Patrimônio Mundial em seus territórios, além de gerar reflexão sobre alternativas presentes e futuras.

Durante o evento, gestores de diferentes países apresentarão estudos de caso com indicadores sobre a gestão do patrimônio e do turismo no cenário atual.  O III Sempat contará também com a participação de representações da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) e da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

A primeira edição do Sempat foi realizada em Colônia do Sacramento, Uruguai, nos dias 25 a 27 de abril de 2016.  Já a segunda edição do evento, foi realizada em Encarnación, Paraguai, nos dias 3 a 4 de abril de 2018. Ainda em 2018, na reunião do Comitê Técnico de Patrimônio e Turismo do Mercosul (Compat), o Brasil se comprometeu a sediar e organizar o III SEMPAT.

Inscrições – As inscrições estão abertas até 8 de outubro, ou até se esgotarem as vagas, que são limitadas. Os participantes inscritos poderão acompanhar o evento a partir da plataforma Zoom, haverá tradução simultânea português-espanhol. Adicionalmente, o evento será transmitido no canal do Iphan no Youtube.

Nos dias 19 e 20, o público também poderá participar da oficina “Patrimônio e educação: transpondo fronteiras, conectando territórios”, ministrada pelo Núcleo de Educação Patrimonial do Iphan (com os servidores Sônia Rampim Florêncio, Marcia Pacito, Paulo Peters).

Também será promovida a oficina “Economia Criativa, Patrimônio Cultural e Turismo”, ministrada pelo professor Marcelo Sotratti, do Centro Lúcio Costa/Iphan, e pela professora Karina Poli do Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação, Núcleo de Pesquisa da Universidade de São Paulo. Cada participante poderá se inscrever em uma única opção.

Clique aqui para realizar sua inscrição (acrescentar link do formulário)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação