Produção de alumina no Consórcio Alumar em 2020 aumenta 4,6% na comparação com 2019

0
571

Produção correspondente a um volume de mais de 10 mil toneladas por dia 

O Consórcio de Alumina do Maranhão (Alumar) aumentou em 4 6% a produção de alumina em 2020, quando atingiu a marca de 3,850 milhões de toneladas, na comparação com 2019. O desempenho do ano passado é equivalente a 10,514 mil toneladas/dia de produção.

Ainda de acordo com os números da empresa, o Porto Alumar também atingiu recorde histórico, elevando para 15,3 milhões de toneladas de carga movimentada.

O gerente da Refinaria, Giuliano Siqueira, não explicou que fatores do mercado contribuíram para esse desempenho, preferindo atribuir os resultados excepcionais ao empenho dos funcionários e colaboradores. que não se deixaram abater frente aos desafios impostos pela pandemia da Covid-19.

“Tivemos que nos reinventar diante de tantas adversidades e fomos além, demonstrando uma incrível capacidade de resistência, recuperação e de reagirmos positivamente. Estamos muito orgulhosos desta conquista”, comemora.

Segundo Hélder Siqueira, em matéria de segurança do trabalho, a Alumar também obteve excelente performance em comparação à 2019.

“Pomente é possível alcançar recordes se o aumento de produtividade estiver acompanhado de resultados consistentes em segurança. Temos uma série de procedimentos para assegurar um ambiente seguro, em consonância com nossos valores: Trabalhar com Excelência, Agir com Integridade e Cuidar das Pessoas. Somente desta forma podemos ter um crescimento sustentável” afirmou.

Sobre a Alumar – O Consórcio de Alumínio do Maranhão (Alumar) é um dos maiores complexos industriais de produção de alumina e alumínio do mundo. Inaugurado em julho de 1984, é formado pelas empresas Alcoa, Rio Tinto e South32 e desempenha um papel importante no Maranhão. Cerca de 90% de seus colaboradores são maranhenses, além de contar com centenas de fornecedores locais.

O sistema de gestão da Alumar é integrado e engloba gestões de qualidade, saúde, segurança e meio ambiente estabelecido com base nas normas NBR ISO 9001, NBR ISO 14001 e OHSAS 18001. Em 2019, obteve a certificação ASI, (Aluminium Stewardship Initiative), o mais importante Selo de Sustentabilidade na cadeia de valor do alumínio.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação