Líder isolado, Fortaleza vence a terceira e mantém 100% de aproveitamento na Série B

0
436

O Fortaleza confirmou, nesta terça-feira (24), o bom início na Série B do Campeonato Brasil, ao vencer a terceira partida consecutiva. No Estádio Castelão, em Fortaleza (CE), derrotou o CRB de Alagoas por 3 a 1 e manteve o 100% de aproveitamento na competição, somando nove pontos e se mantendo na ponta da tabela.

Desde o início, o Fortaleza foi para cima do adversário, que apostou na marcação alta nos primeiros seis minutos, mas o tricolor encaixou um contra-ataque veloz e Osvaldo abriu o placar. O Galo CRB tentou responder ainda no primeiro tempo, mas pecou nas finalizações. Nos acréscimos, Edinho quase ampliou a vantagem do Leão, mas esbarrou na grande defesa de João Carlos.

Com três gols em 10 minutos, o segundo tempo contou com um recomeço eletrizante. Aos três, Bruno Melo marcou o segundo do Fortaleza. Aos cinco, Neto Baiano aproveitou cruzamento e descontou para o CRB, 2 a 1. Aos 10, Jean Patrick soltou a bomba e ampliou o marcador, 3 a 1.

Antes de ficar com um jogador a menos, com a expulsão de Feijão aos 35 minutos, o CRB teve a chance de diminuir, mas Lucas parou no goleiro Jussani, que garantiu o terceiro triunfo do Fortaleza na Série B.

Vitória – Atlético de Goiás e Guarani se enfrentaram no Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia (GO), abrindo a terceira rodada da Série B, e com cinco bolas nas redes, o Dragão levou a melhor para cima do Bugre e venceu por 3 a 2.

Iguais na tabela de classificação, com três pontos cada, Atlético-GO e Guarani-SP entraram em campo de olho na segunda vitória. Surpreendendo os donos da casa, o Bugre foi para cima e pressionou o Dragão nos minutos iniciais.

O time goiano segurou a pressão e, aos 23 minutos, abriu o placar com João Paulo de cabeça. Nos acréscimos, Fernandes apareceu como elemento surpresa na área paulista e ampliou a vantagem dos mandantes, 2 a 0.

Na etapa final, João Paulo repetiu a dose aos 13 minutos e marcou o terceiro gol do Atlético-GO. O Guarani respondeu logo em seguida e, com dois gols em três minutos, encostou no marcador. Aos 17, Bruno Nazário descontou e, aos 20, Anselmo Ramon recolocou o Bugre no jogo. O duelo ficou aberto, com chances para os dois lados, mas o Dragão segurou a vantagem até o final.

(Com dados da CBF)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação